Graças, porém, a Deus que em Cristo sempre nos conduz em triunfo, e por meio de nós difunde em todo lugar o cheiro do seu conhecimento. Colossenses 1:10

Web Radio Gospel Da Covilha - ((( Portugal))) Sua Amiga De Todos As Horas

terça-feira, 20 de março de 2012

História da Igreja

A igreja bíblica foi fundada por Jesus Cristo, Atos 2:1-4, 36-38, em conjunto com Deuteronômio 6:4 120 judeus foram salvos naquele dia, e 3.000 foram acrescentados, depois 5.000 foram salvos Atos 2:4,4:4. Alguns gentios se converteram, visitantes de Jerusalém levaram essa doutrina para sua terra natal. 33-40 d.C. Regiões em volta de Jerusalém foram evangelizadas, povos da Judéia foram salvos Atos 15:1

34-35 d.C. Samaritanos receberam o Espírito Santo.
34 d.C. Diácono Filipe batizou o eunuco em Nome de Jesus Cristo Atos 8:27. Então à doutrina de Atos 2:38 foi levada para à Etiópia. Mais tarde era chamado cristianismo africano, mas nunca pereceu.

35-56 d.C. cornélio e sua casa foram salvos Atos 10:48.
37-42 d.C. Um missionário levou à mensagem de Atos 2:38 para "Glastenbury" Inglaterra, e começou à igreja apostólica.
45 d.C. Apóstolo Pedro foi para Babilônia através dos enfreites. À doutrina petrina entrou na Ásia.
34-40 d.C. Começaram os trabalhos missonários Atos 12:2, Paulo, Silas, Lucas e Barnabé. E o evangelho se espalhou.
46-47 d.C. "Cyprus" se converteu com à doutrina de Atos 2:38.


ÁSIA MENOR É EVANGELIZADA

46-50 d.C. Paulo evangelizou à Ásia Menor e à parte baixa da Europa.
51 d.C. Paulo pregou em "Atenas" Grécia ( Atos 17:22 ).
50-60 d.C. Tadeu evangelizou à América.
50-60 d.C. Apóstolo Tomé foi para "Malabar" Índia, e disse que de lá alcançou à china.
61-64 d.C. Paulo estava em "Roma" Itália pregando para os judeus ( Atos 28:17 ).
66-96 d.C. Nesse período os apóstolos merreram. 50-68 d.C. O campo de atividades da igreja alcançava todo o império romano, incluíndo todas às províncias, em suas fronteiras especialmente no leste. Nessa época o número de membros da origem gentia continuava crescendo dentro da comunidade.
66 d.C. São Judas esclamou - Judas 1-3, I João 2:19.
66-90 d.C. Nesse período surgiu o começo de doutrinas erradas.
96-100 d.C. Apóstolo João morreu, mas o mundo grego-romano estava evangelizado com à doutrina de Atos 2. Foi nessa época que o trinitarismo foi inventado.
117 d.C. Todo o oeste da Europa tinha ouvido o evangelho e, também já tinha chegado na China.
160 d.C. Quando começou à igreja católica romana, mas também à igreja verdadeira continuava.
180 d.C. À igreja da África do Norte ( Apostólica Unistente em Crença ) lutou contra o sistema católico.
190 d.C. Nasceu artemon um patripassian pregador.
Nesse tempo havia milhares de pregadores que criam na mensagem de Atos 2:38.
O cristianismo judaico continuava usando os nomes de "Mebellianesm".
204 d.C. Basilides márter pregador de Atos 2:38
210 d.C. Cute levou Atos 2 para Languedoc, Flanders, Frisia e saxony.
215 d.C. Sabelio estava em Roma pregando à doutrina "Petrine" ( Atos 2:38, Deuteronômio 6:4).
Sabelianismo negou à trindade. A igreja de Atos 2 nunca pertenceu à igreja católica romana.
200 d.C. À doutrina de Atos 2:38 já estava na Europa, Eurásia, Ásia e China do Norte.
300 d.C. Tertullian disse, que o povo monarchians era mais do que os católicos.
269 d.C. Paulo de Somosata ( Ásia Menor ), ( Pregador da unicidade Atos 2:38 ), em 1.551 havia ainda um povo que seguia esta doutrina.
274 d.C. Mamas um pregador apostólico de Capadocia
300 d.C. Haviam milhares de seguidores pregando Atos 19:1-5, apareceu Donatus um pregador da unicidade em 350 d.C. Donatus tinha 400 igrejas e muitos bispos que batizavam em Nome de Jesus Cristo. Às igrejas maiores do cesto eram igrejas de doutrinas apostólica, usando vários nomes.
304 d.C. O imperador Diocletian matou muitos povos do Nome de Jesus, mesmo assim o movimento pentecostal ardeu em todas às nações.
320-340 d.C. Wolflein batizou em Nome de Jesus. Ele convenceu milhares de tribos, sendo Indu-Européia a batizarem em Nome de Jesus Cristo. Wolflein também traduziu à bíblia gótica.


A IGREJA DE JERUSALÉM CONTINUA

390 d.C. O imperador Theodosius II matou 7.000 pessoas do povo de Tessalônica.
400-497 d.C. O povo "Donatista" era mais numeroso que os católicos.
419-501 d.C. Toulouse era um estado gótico, protegido por uma Fortaleza apostólica.

AS SETE IGREJAS DA ÁSIA CONTINUAM

431 d.C. Nestorianism, ( Grupo Unicista ), se espalhava de Petra até à China até 1.700. Nestorianos eram unicistas e, falavam em línguas.
440 d.C. Houve um grande avivamento do povo do Nome em Armenia.
440 d.C. Havia unicidade na Pérsia. Celtic Pentecostalism, era grande na Europa W.-Frísia, Saxony, Languedoc.
O hemisfério leste estava cheio de povos que falavam em línguas, e batizavam em Nome de Jesus ( Nota Atos 14:17 ).
416 d.C. O império romano estava destruído divinamente, porém o cristianismo se espalhava mais e mais. Na Palestina, monoteistas e Ebionites batizavam em Nome de Jesus. Cathari, era um povo unicista de diferentes organizações. Além do alcance de Roma, e em lugares como, Saxony, Frísia( Holanda ), Languedoc. Haviam grandes organizações dos grupos que criam em Atos 2:38.
502 d.C. Wolflein's, maior parte das tribos Indu-Européias tinham sido batizadas em Nome de Jesus Cristo.
525 d.C. Muitos Europeus recusaram o batismo de Roma.
527 d.C. Muitos Burgundians eram apostólicos pentecostais.
536-563 d.C. Priscillianism estava espalhado no velho mundo.
540-670 d.C. Bede, English Hest, encontrou unicistas em toda Inglaterra.
545-800 d.C. Na hitória medieval, Lambert mensiona os apostólicos que batizavam em Nome de Jesus Cristo.
545-900 d.C. Etiópia ( África ), o cristianismo unicista estava em toda África do Norte.
600 d.C. Papa Gregory tentou matar donatistas na África por pregarem Atos 2:38.
610 d.C. O batismo em Nome de Jesus era quase o único na Frísia até 689 d.C.
689 d.C. O povo pregava santidade, línguas estranhas, batismo em Nome de Jesus e os dons do Espírito Santo.
A Inglaterra estava cheia de povos do Nome, muitas pessoas pensavam que já não havia mais o povo do Nome. Porque à história secular não falava mais deles.
663 d.C. À igreja de Atos 2, continuava em busca de várias organizações unicistas.
712-744 d.C. Arian Lombards, tinha uma área independente na Itália.
730 d.C. Grandes números Arians estavam sendo batizados em Nome de Jesus.
731 d.C. Bede achou um povo que falava na língua, Indu-Europeu "Tambos".
800 d.C. Donatism ( Unicista ) estava sempre presente e tinha mantido às doutrinas básicas na igreja apostólica primitiva.
830 d.C. Durante esse tempo, organizações apostólicas lutaram contra o Vaticano. ( século 9, tinha mais apostólicos, do que qualquer outros. Pregadores apostólicos estavam em qualquer lugar ).
830 d.C. Papa John VIII, mandou prender um pregador porque pregava contra à trindade.
909 d.C. Em 26 de Junho. Arcebispo disse que haviam três razões que impedia à igreja católica, uma delas era, à infestação da doutrina falsa que batizava em Nome de Jesus.
900 d.C. Haviam muitos grupos apostólicos atrás do Hemisfério Leste.
980 d.C. Sympronius foi batizado em Nome de Jesus.
1.000 d.C. O historiador Fulbertus Carnotanses, explicou sobre o batismo em Nome de Jesus. Muitos morreram pelo Nome de Jesus naquele ano. Cathari-Albigensians-Anabatism. Todos estavam quase na mesma doutrina até 1.176. após esse ano, Anabatism eram também trinitarianos. Anselm - Relatou que o batismo nas águas era em Nome de Jesus. Europa, Eurásia-Ásia e África, estavam cheios de organizações em Nome de Jesus. Durante esse tempo, haviam fortalezas em Nome de Jesus. Como Saxony, Frísia, Flanoers, Lombary e Languedoc. Metade do grupo Anabatista, usava o batismo em Nome de Jesus. Muitos Anabatistas morreram por rebatizarem pessoas.
1.030 d.C. Muitos apostólicos tinham cultos em, "Wincklerism" e "Winckelpredigten" lugares escondidos.
1.035 d.C. Algerus e Bruno eram apostólicos do século XI.
1.050 d.C. Mais de mil cidadãos em Languedoc estavam controlados por Albigensians, muitos desses cidadãos eram unicistas, e os princípios de Atos 2 prevaleceram até 1.233 d.C., e estavam associados como profetas de Cevennes. Os Cevennes estavam do lado deles na região Lourense. Blunt notou que havia Albigensians no país de Camisards.
1.100 d.C. Cathari, eram referidos como Albigensians.
1.105 d.C. "Schoolmen", homens estudados que negavam à trindade. Homens como Abelard, Peter Bruis, Roscellin, etc. Debateram à doutrina da trindade como uma doutrina falsa.
1.108 d.C. "MULTITUDES OF FREETHINKERS"

"MULTIDÕES DE LIVRE PENSAMENTO"

Isto quer dizer que muitos organizadores poderosos cobram à terra. A maior parte era à doutrina apostólica, na Europa durante esse tempo haviam 4.000.000 de pessoas que falavam línguas estranhas. Cresceu demais o grupo apostólico como: "Henricians" e "Petrobrusians". O sul da França, na Alemanha Oriental estavam cheios de apostólicos. Durante o século XII, à religião apostólica era à religião comum no oeste da Europa. A maior parte das organizações eram unicistas, até que apareceu "Peter Waldo", ele procurou à bênção de Roma, e misturou protestantes com o católicismo.
1.161 d.C. Rev. Gerard com mais 30 apostólicos foram mortos por Henry II, em Oxford.
1.163 d.C. August 2, em cologne, Alemanha, Ecbert um monge católico queimou Arnold, Marsilius, e Theodoric, pregadores apostólicos, Philip Flanders e William arcebispos de Rheims, causaram à morte de muitos.
1.182 d.C. Em 27 de Junho, uma coisa terrível aconteceu, o Governo católico da França tomou dos ingleses o controle de Languedoc, com ordens do Vaticano matou milhares de apostólicos e outros.
1.260 d.C. Os apostólicos prevaleciam na numeração de 80.000, na Bohemia. Alguns historiadores dizem que haviam 130 organizações nesse tempo.
1.284 d.C. Ursinus, na Etiópia um estudante declarou o batismo somente em Nome de Jesus. Isso mostra que à doutrina que Filipe pregou, nunca desapareceu da África. Mais tarde foram os escravos que levaram Atos 2:38 para West Indies.
1.300-1.350 d.C. Antes do Tolosan Inquisition, milhares de apostólicos fugiram de Languedoc para morarem na "Chechoslováquia". Os apostólos aumentaram em Poland e Lithuania. Em 1.565 d.C. haviam suficientes apostólicos que lá moravam para formarem um grupo Pentecostal Unicista, comandado pelo movimento Internacional das igrejas apostólicas.
1.300-1.414 d.C. Eles usaram bíblias góticas, porém os católicos queimaram todas às bíblias possíveis.
1.233 d.C. A inquisição começou eternamente, em 15 de Julho de 1.834 era à era mais escura da história, mais ou menos cerca de 68.000.000 morreram, e muitos desses eram apostólicos Pentecostais.
1.312 d.C. Havia "Wales Holiness Brethren", também chamados "Celtic Jumpers". Na Inglaterra esta religião de Jalaslanburg nunca deixou Atos.
1.315 d.C. Continuavam os apostólicos da Frísia até à China, à perseguição somente espalhou o povo pentecostal. Na Bohemia (Cheschoslováquia), Knox disse que ahviam 400.000 Manichaeans at'e 1.460 d.C. Em toda a Europa havia o povo do Nome.
1.368 d.C. Todos que não eram católicos, tinha que congregar em segredo.
1.400 d.C. Havia grandes menbros apostólicos.
1.410 d.C. Havia 30-40 organizações "Anabaptist" nacional e internaconal, a maior parte eram apostólicos. A palavra Anabaptist quer dizer rebatizar. Os apostólicos pentecostais eram famosos por isso.
1.420 d.C. Monarchianism tinha coberto à terra com perseguições. Moravia tornou-se um abrigo dos apostólicos.
1.487 d.C. Os católicos tornaram a terra dos Waldensians.
1.518 d.C. Havia 30-40 organizações Anabaptist entre 1.600-1.727, mais ou menos 80 desses eram perseguidos.
1.520 d.C. Escravos de West Indies, trouxeram à doutrina apostólica para às Américas.
1.520-1.532 d.C. Houve reavivamento de línguas estranhas na Europa. O batismo em Nome de Jesus geralmente era usado.
1.533 d.C. Havia grandes organizações Anti-Nicenes e Anti-Trinitarianismo, uns chamados de "Sabellians", outros "Racovians". "Irmãos de Polanda" negavam à trindade na Hungria, houva 66 igrejas com escolas Unitárias (muitas vezes os unicistas eram conhecidos com unitários), porque é uma crença bem diferente.
"felix Mantz", um pregador que rebatizava pessoas foi afogado em "Limmat", depois de ser condenado por Zwingli e os oficiais de Zollikon.
1.533 d.C. Calvin queimou o translador bíblico Rev. Michael Servetus em Genova em 1.533, porque ele negou à trindade de Roma. Servetus morreu em Maizter, e também muito mais pessoas, durante esse tempo por causa do Nome de Jesus no batismo, Lutero odiou o povo do Nome.
1.553 d.C. O pregador Bernard Rothmann, tinha rebatizado 1.400 Munsterites no Nome de Jesus Cristo. Muitos apostólicos foram mortos pelos homens de Lutero, e pelos militantes católicos.
1568-1.605 Lá houve um grande entusiasmo escatológico bíblico da doutrina de Jerusalém. Conforme Atos 2:38, à doutrina da federação apostólica das igrejas : Sabellianismo foi através da Europa. Muitos piedosos pregadores, foram preparados para deixar de lado às diferenças doutrinais, e se tornarem verdadeiros apostólicos unicistas de Moravin. Então podemos provar que os apostólicos da Armênia, Samosatenism foi am Larissa, Grécia, de lá o povo do Nome de Jesus Cristo, fizeram contato com os irmãos em Moravia. Eles possuíam cartas que o apóstolo Paulo tinha escrevido para eles na Macedônia. Falar em línguas, os donatistas eram uma continuação. Para Lutero, eles eram uma contínua ameaça.
1.605-1.696 d.C. Falando línguas quietistas, eram também na Europa e na Inglaterra.
1.624 d.C. A maioria, Quakers e chaqualhadores eram cheios do Espírito, e falavam em línguas em massa, grande línguas no hemisfério Oeste.
1.662 d.C. Cidadãos da Inglaterra cheios do Espírito Santo, e falavam em línguas estranhas, foram deportados da Inglaterra, e vendidos como escravos para um povo rico da Espanha. Trabalharam para famílias católicas espanholas em, plantios, em Barbados e Jamaica.
1.663 d.C. Escravos africanos levaram glossolalia, único Deus, de Atos 2:38 para o Haiti. Colombo tinha importado negros. Em relação à história, Moravians importou Atos 2:38 e Glossolalia para Pennsylvania e Georgia, EUA. Também foram importados para os Estados Unidos, dos estados da Nova Inglaterra.
1.685-1.909 d.C. Lá houve muito derramamento do Espírito Santo, manifestações de línguas estranhas dos Camisards. Eram ouvidos, profetas de Cevenes.
1.685 d.C. Thronrakians (armenianos, doLago Van, Turquia) conheciam línguas em Atos 2:38, e o batismo do Nome. O século 18 foi um no qual também falaram línguas pentecostais, e fluíram em grande número. 1.700-1.760 d.C. Lá houve distintas divisões dos Moravias Anabatistas, lá houve à comunidade Herrnhut de trinitários, baixo Count Zinzendorf, em Saxony. Eles tentaram fazer movimento unido pelo contrário, lá estavam os pastores da federação internacional dos apostólicos (igrejas conforme Atos 2:38). Eclesiologia na Moravia no deserto 670-679, os do Nome de Jesus foram perseguidos, porque lá existiam colônias inteiras do Nome de Jesus, grandes números deles moravam nos grandes pré-históricos túneis de Moravia. Um pregador da unicidade era conhecido nessas divisões como era Pedro Riedemann. Estes que apoiaram à doutrina Cristo Centrica chamada "Patripassianism".
1.727 d.C. Na moradia falar em línguas e ter os dons, era ampliamento conhecido.
1.727 d.C. Houve um grande avivamento do Espírito Santo em Saxony. Montanismo pentecostal em 1.727 nunca tinha cessado.
1.828-1.831 d.C. Concernente glossolalistas com Atos 2:38, Priscillianistas, Donatistas, Manichee, Montanistas, Bogomils - todos os da Rússia, Armenia (e Turquia) em 1.828. Alguns de Glossolalia levaram Atos 2:38 (doutrina) para Ghettos e Los Angeles antes de Azusa.
1.834 d.C. Don de línguas foi levado para à Índia, China.
1.841 d.C. O derramamento do Espírito, foi na Suécia.
1.850 d.C. Dan Huntington, Boston, Mass., Foram batizados e convertidos de acordo com Atos 2:38.
1.854 d.C. Houve 10 anos de avivamento no Líbano, Nova York, e milhares tornaram-se cheios do Espírito Santo, glossolalistas (faladores de outras línguas).
1.854 d.C. Houve uma grande organização de Atos 2:38 convertidos no Canadá: "Eles operaram Apostólicamente.
1.856 d.C. Mais de 160.000 pessoas falavam em línguas, na América qualquer tinha o Espírito Santo. Maioria tinha negado à trindade.
1.860-1.904 d.C. Rev. Alvin E. Velie, da Flórida batizou milhares de acordo com Atos 2:38 em Wisconsin e Minesota. 300 foram batizados num só avivamento. Só temos monuscritos.
1.906-1.909 d.C. O avivamento de Azusa "Califórnia" aconteceu, e falavam em línguas estranhas; No período de 3 noites através do Espírito Santo o próprio Espírito Santo disse: Levantai-vos e sedes batizados em Nome de Jesus Cristo. Muitos líderes não obedeceram.
1.904-1.909 d.C. Lá houve uma grande manifestação do Espírito Santo e derramamento sobre os "Welsh" ( um povo). Então podemos saber que às igrejas Pentecostais Unicistas tiveram sua fundação e origem em Jerusalém. O povo de Atos fazia coletivamente uma parte desta grande igreja e foram em todos os lugares pregando esta mensagem. Então sempre tem tido uma continuação deste ensinamento, às vezes usando diferentes organizações.
1.917 d.C. Dia 3 de Janeiro foi fundada à Igreja que se chama Assembléia General das Assembléias Apostólicas.
1.915 d.C. Foi fundada à Igreja Assembléias pentecostal no Mundo. 1.936 d.C. Neste ano em uma igreja que se chama Igreja de Cristo Apostólica, em Royal Oak, Michigan, um príncipe da Etiópia que tinha o Espírito Santo e era batizado em Nome de Jesus, afirmou que no país dele sempre haviam povos batizados em Nome de Jesus. E nunca esteve ausente em seu país esta Igreja.
Sabemos que existem outras organizações que batizam em nome de Jesus como: À Igreja Assembléias Pentecostais de Jesus Cristo, à Igreja Pentecostal Unida, pelo menos cerca de 200 grupos batizam em Nome de Jesus Cristo. Então à Igreja Unicista Apostólica Pentecostal, ainda está viva e poderosa no século 20 e 21. Graças a Deus não precisamos "profeta" Banhan para nos trazer à revelação, mas isto foi revelado a Pedro pelo Senhor Jesus, e continua até nos dias de hoje.

A igreja dos Apostólos existiu a dois mil anos atrás, e hoje estamos aqui para continuar a preservar essa doutrina

História da Igreja

A igreja bíblica foi fundada por Jesus Cristo, Atos 2:1-4, 36-38, em conjunto com Deuteronômio 6:4 120 judeus foram salvos naquele dia, e 3.000 foram acrescentados, depois 5.000 foram salvos Atos 2:4,4:4. Alguns gentios se converteram, visitantes de Jerusalém levaram essa doutrina para sua terra natal. 33-40 d.C. Regiões em volta de Jerusalém foram evangelizadas, povos da Judéia foram salvos Atos 15:1

34-35 d.C. Samaritanos receberam o Espírito Santo.
34 d.C. Diácono Filipe batizou o eunuco em Nome de Jesus Cristo Atos 8:27. Então à doutrina de Atos 2:38 foi levada para à Etiópia. Mais tarde era chamado cristianismo africano, mas nunca pereceu.
35-56 d.C. cornélio e sua casa foram salvos Atos 10:48.
37-42 d.C. Um missionário levou à mensagem de Atos 2:38 para "Glastenbury" Inglaterra, e começou à igreja apostólica.
45 d.C. Apóstolo Pedro foi para Babilônia através dos enfreites. À doutrina petrina entrou na Ásia.
34-40 d.C. Começaram os trabalhos missonários Atos 12:2, Paulo, Silas, Lucas e Barnabé. E o evangelho se espalhou.
46-47 d.C. "Cyprus" se converteu com à doutrina de Atos 2:38.

ÁSIA MENOR É EVANGELIZADA

46-50 d.C. Paulo evangelizou à Ásia Menor e à parte baixa da Europa.
51 d.C. Paulo pregou em "Atenas" Grécia ( Atos 17:22 ).
50-60 d.C. Tadeu evangelizou à América.
50-60 d.C. Apóstolo Tomé foi para "Malabar" Índia, e disse que de lá alcançou à china.
61-64 d.C. Paulo estava em "Roma" Itália pregando para os judeus ( Atos 28:17 ).
66-96 d.C. Nesse período os apóstolos merreram. 50-68 d.C. O campo de atividades da igreja alcançava todo o império romano, incluíndo todas às províncias, em suas fronteiras especialmente no leste. Nessa época o número de membros da origem gentia continuava crescendo dentro da comunidade.
66 d.C. São Judas esclamou - Judas 1-3, I João 2:19.
66-90 d.C. Nesse período surgiu o começo de doutrinas erradas.
96-100 d.C. Apóstolo João morreu, mas o mundo grego-romano estava evangelizado com à doutrina de Atos 2. Foi nessa época que o trinitarismo foi inventado.
117 d.C. Todo o oeste da Europa tinha ouvido o evangelho e, também já tinha chegado na China.
160 d.C. Quando começou à igreja católica romana, mas também à igreja verdadeira continuava.
180 d.C. À igreja da África do Norte ( Apostólica Unistente em Crença ) lutou contra o sistema católico.
190 d.C. Nasceu artemon um patripassian pregador.
Nesse tempo havia milhares de pregadores que criam na mensagem de Atos 2:38.
O cristianismo judaico continuava usando os nomes de "Mebellianesm".
204 d.C. Basilides márter pregador de Atos 2:38
210 d.C. Cute levou Atos 2 para Languedoc, Flanders, Frisia e saxony.
215 d.C. Sabelio estava em Roma pregando à doutrina "Petrine" ( Atos 2:38, Deuteronômio 6:4).
Sabelianismo negou à trindade. A igreja de Atos 2 nunca pertenceu à igreja católica romana.
200 d.C. À doutrina de Atos 2:38 já estava na Europa, Eurásia, Ásia e China do Norte.
300 d.C. Tertullian disse, que o povo monarchians era mais do que os católicos.
269 d.C. Paulo de Somosata ( Ásia Menor ), ( Pregador da unicidade Atos 2:38 ), em 1.551 havia ainda um povo que seguia esta doutrina.
274 d.C. Mamas um pregador apostólico de Capadocia
300 d.C. Haviam milhares de seguidores pregando Atos 19:1-5, apareceu Donatus um pregador da unicidade em 350 d.C. Donatus tinha 400 igrejas e muitos bispos que batizavam em Nome de Jesus Cristo. Às igrejas maiores do cesto eram igrejas de doutrinas apostólica, usando vários nomes.
304 d.C. O imperador Diocletian matou muitos povos do Nome de Jesus, mesmo assim o movimento pentecostal ardeu em todas às nações.
320-340 d.C. Wolflein batizou em Nome de Jesus. Ele convenceu milhares de tribos, sendo Indu-Européia a batizarem em Nome de Jesus Cristo. Wolflein também traduziu à bíblia gótica.

A IGREJA DE JERUSALÉM CONTINUA

390 d.C. O imperador Theodosius II matou 7.000 pessoas do povo de Tessalônica.
400-497 d.C. O povo "Donatista" era mais numeroso que os católicos.
419-501 d.C. Toulouse era um estado gótico, protegido por uma Fortaleza apostólica.

AS SETE IGREJAS DA ÁSIA CONTINUAM

431 d.C. Nestorianism, ( Grupo Unicista ), se espalhava de Petra até à China até 1.700. Nestorianos eram unicistas e, falavam em línguas.
440 d.C. Houve um grande avivamento do povo do Nome em Armenia.
440 d.C. Havia unicidade na Pérsia. Celtic Pentecostalism, era grande na Europa W.-Frísia, Saxony, Languedoc.
O hemisfério leste estava cheio de povos que falavam em línguas, e batizavam em Nome de Jesus ( Nota Atos 14:17 ).
416 d.C. O império romano estava destruído divinamente, porém o cristianismo se espalhava mais e mais. Na Palestina, monoteistas e Ebionites batizavam em Nome de Jesus. Cathari, era um povo unicista de diferentes organizações. Além do alcance de Roma, e em lugares como, Saxony, Frísia( Holanda ), Languedoc. Haviam grandes organizações dos grupos que criam em Atos 2:38.
502 d.C. Wolflein's, maior parte das tribos Indu-Européias tinham sido batizadas em Nome de Jesus Cristo.
525 d.C. Muitos Europeus recusaram o batismo de Roma.
527 d.C. Muitos Burgundians eram apostólicos pentecostais.
536-563 d.C. Priscillianism estava espalhado no velho mundo.
540-670 d.C. Bede, English Hest, encontrou unicistas em toda Inglaterra.
545-800 d.C. Na hitória medieval, Lambert mensiona os apostólicos que batizavam em Nome de Jesus Cristo.
545-900 d.C. Etiópia ( África ), o cristianismo unicista estava em toda África do Norte.
600 d.C. Papa Gregory tentou matar donatistas na África por pregarem Atos 2:38.
610 d.C. O batismo em Nome de Jesus era quase o único na Frísia até 689 d.C.
689 d.C. O povo pregava santidade, línguas estranhas, batismo em Nome de Jesus e os dons do Espírito Santo.
A Inglaterra estava cheia de povos do Nome, muitas pessoas pensavam que já não havia mais o povo do Nome. Porque à história secular não falava mais deles.
663 d.C. À igreja de Atos 2, continuava em busca de várias organizações unicistas.
712-744 d.C. Arian Lombards, tinha uma área independente na Itália.
730 d.C. Grandes números Arians estavam sendo batizados em Nome de Jesus.
731 d.C. Bede achou um povo que falava na língua, Indu-Europeu "Tambos".
800 d.C. Donatism ( Unicista ) estava sempre presente e tinha mantido às doutrinas básicas na igreja apostólica primitiva.
830 d.C. Durante esse tempo, organizações apostólicas lutaram contra o Vaticano. ( século 9, tinha mais apostólicos, do que qualquer outros. Pregadores apostólicos estavam em qualquer lugar ).
830 d.C. Papa John VIII, mandou prender um pregador porque pregava contra à trindade.
909 d.C. Em 26 de Junho. Arcebispo disse que haviam três razões que impedia à igreja católica, uma delas era, à infestação da doutrina falsa que batizava em Nome de Jesus.
900 d.C. Haviam muitos grupos apostólicos atrás do Hemisfério Leste.
980 d.C. Sympronius foi batizado em Nome de Jesus.
1.000 d.C. O historiador Fulbertus Carnotanses, explicou sobre o batismo em Nome de Jesus. Muitos morreram pelo Nome de Jesus naquele ano. Cathari-Albigensians-Anabatism. Todos estavam quase na mesma doutrina até 1.176. após esse ano, Anabatism eram também trinitarianos. Anselm - Relatou que o batismo nas águas era em Nome de Jesus. Europa, Eurásia-Ásia e África, estavam cheios de organizações em Nome de Jesus. Durante esse tempo, haviam fortalezas em Nome de Jesus. Como Saxony, Frísia, Flanoers, Lombary e Languedoc. Metade do grupo Anabatista, usava o batismo em Nome de Jesus. Muitos Anabatistas morreram por rebatizarem pessoas.
1.030 d.C. Muitos apostólicos tinham cultos em, "Wincklerism" e "Winckelpredigten" lugares escondidos.
1.035 d.C. Algerus e Bruno eram apostólicos do século XI.
1.050 d.C. Mais de mil cidadãos em Languedoc estavam controlados por Albigensians, muitos desses cidadãos eram unicistas, e os princípios de Atos 2 prevaleceram até 1.233 d.C., e estavam associados como profetas de Cevennes. Os Cevennes estavam do lado deles na região Lourense. Blunt notou que havia Albigensians no país de Camisards.
1.100 d.C. Cathari, eram referidos como Albigensians.
1.105 d.C. "Schoolmen", homens estudados que negavam à trindade. Homens como Abelard, Peter Bruis, Roscellin, etc. Debateram à doutrina da trindade como uma doutrina falsa.
1.108 d.C. "MULTITUDES OF FREETHINKERS"

"MULTIDÕES DE LIVRE PENSAMENTO"

Isto quer dizer que muitos organizadores poderosos cobram à terra. A maior parte era à doutrina apostólica, na Europa durante esse tempo haviam 4.000.000 de pessoas que falavam línguas estranhas. Cresceu demais o grupo apostólico como: "Henricians" e "Petrobrusians". O sul da França, na Alemanha Oriental estavam cheios de apostólicos. Durante o século XII, à religião apostólica era à religião comum no oeste da Europa. A maior parte das organizações eram unicistas, até que apareceu "Peter Waldo", ele procurou à bênção de Roma, e misturou protestantes com o católicismo.
1.161 d.C. Rev. Gerard com mais 30 apostólicos foram mortos por Henry II, em Oxford.
1.163 d.C. August 2, em cologne, Alemanha, Ecbert um monge católico queimou Arnold, Marsilius, e Theodoric, pregadores apostólicos, Philip Flanders e William arcebispos de Rheims, causaram à morte de muitos.
1.182 d.C. Em 27 de Junho, uma coisa terrível aconteceu, o Governo católico da França tomou dos ingleses o controle de Languedoc, com ordens do Vaticano matou milhares de apostólicos e outros.
1.260 d.C. Os apostólicos prevaleciam na numeração de 80.000, na Bohemia. Alguns historiadores dizem que haviam 130 organizações nesse tempo.
1.284 d.C. Ursinus, na Etiópia um estudante declarou o batismo somente em Nome de Jesus. Isso mostra que à doutrina que Filipe pregou, nunca desapareceu da África. Mais tarde foram os escravos que levaram Atos 2:38 para West Indies.
1.300-1.350 d.C. Antes do Tolosan Inquisition, milhares de apostólicos fugiram de Languedoc para morarem na "Chechoslováquia". Os apostólos aumentaram em Poland e Lithuania. Em 1.565 d.C. haviam suficientes apostólicos que lá moravam para formarem um grupo Pentecostal Unicista, comandado pelo movimento Internacional das igrejas apostólicas.
1.300-1.414 d.C. Eles usaram bíblias góticas, porém os católicos queimaram todas às bíblias possíveis.
1.233 d.C. A inquisição começou eternamente, em 15 de Julho de 1.834 era à era mais escura da história, mais ou menos cerca de 68.000.000 morreram, e muitos desses eram apostólicos Pentecostais.
1.312 d.C. Havia "Wales Holiness Brethren", também chamados "Celtic Jumpers". Na Inglaterra esta religião de Jalaslanburg nunca deixou Atos.
1.315 d.C. Continuavam os apostólicos da Frísia até à China, à perseguição somente espalhou o povo pentecostal. Na Bohemia (Cheschoslováquia), Knox disse que ahviam 400.000 Manichaeans at'e 1.460 d.C. Em toda a Europa havia o povo do Nome.
1.368 d.C. Todos que não eram católicos, tinha que congregar em segredo.
1.400 d.C. Havia grandes menbros apostólicos.
1.410 d.C. Havia 30-40 organizações "Anabaptist" nacional e internaconal, a maior parte eram apostólicos. A palavra Anabaptist quer dizer rebatizar. Os apostólicos pentecostais eram famosos por isso.
1.420 d.C. Monarchianism tinha coberto à terra com perseguições. Moravia tornou-se um abrigo dos apostólicos.
1.487 d.C. Os católicos tornaram a terra dos Waldensians.
1.518 d.C. Havia 30-40 organizações Anabaptist entre 1.600-1.727, mais ou menos 80 desses eram perseguidos.
1.520 d.C. Escravos de West Indies, trouxeram à doutrina apostólica para às Américas.
1.520-1.532 d.C. Houve reavivamento de línguas estranhas na Europa. O batismo em Nome de Jesus geralmente era usado.
1.533 d.C. Havia grandes organizações Anti-Nicenes e Anti-Trinitarianismo, uns chamados de "Sabellians", outros "Racovians". "Irmãos de Polanda" negavam à trindade na Hungria, houva 66 igrejas com escolas Unitárias (muitas vezes os unicistas eram conhecidos com unitários), porque é uma crença bem diferente.
"felix Mantz", um pregador que rebatizava pessoas foi afogado em "Limmat", depois de ser condenado por Zwingli e os oficiais de Zollikon.
1.533 d.C. Calvin queimou o translador bíblico Rev. Michael Servetus em Genova em 1.533, porque ele negou à trindade de Roma. Servetus morreu em Maizter, e também muito mais pessoas, durante esse tempo por causa do Nome de Jesus no batismo, Lutero odiou o povo do Nome.
1.553 d.C. O pregador Bernard Rothmann, tinha rebatizado 1.400 Munsterites no Nome de Jesus Cristo. Muitos apostólicos foram mortos pelos homens de Lutero, e pelos militantes católicos.
1568-1.605 Lá houve um grande entusiasmo escatológico bíblico da doutrina de Jerusalém. Conforme Atos 2:38, à doutrina da federação apostólica das igrejas : Sabellianismo foi através da Europa. Muitos piedosos pregadores, foram preparados para deixar de lado às diferenças doutrinais, e se tornarem verdadeiros apostólicos unicistas de Moravin. Então podemos provar que os apostólicos da Armênia, Samosatenism foi am Larissa, Grécia, de lá o povo do Nome de Jesus Cristo, fizeram contato com os irmãos em Moravia. Eles possuíam cartas que o apóstolo Paulo tinha escrevido para eles na Macedônia. Falar em línguas, os donatistas eram uma continuação. Para Lutero, eles eram uma contínua ameaça.
1.605-1.696 d.C. Falando línguas quietistas, eram também na Europa e na Inglaterra.
1.624 d.C. A maioria, Quakers e chaqualhadores eram cheios do Espírito, e falavam em línguas em massa, grande línguas no hemisfério Oeste.
1.662 d.C. Cidadãos da Inglaterra cheios do Espírito Santo, e falavam em línguas estranhas, foram deportados da Inglaterra, e vendidos como escravos para um povo rico da Espanha. Trabalharam para famílias católicas espanholas em, plantios, em Barbados e Jamaica.
1.663 d.C. Escravos africanos levaram glossolalia, único Deus, de Atos 2:38 para o Haiti. Colombo tinha importado negros. Em relação à história, Moravians importou Atos 2:38 e Glossolalia para Pennsylvania e Georgia, EUA. Também foram importados para os Estados Unidos, dos estados da Nova Inglaterra.
1.685-1.909 d.C. Lá houve muito derramamento do Espírito Santo, manifestações de línguas estranhas dos Camisards. Eram ouvidos, profetas de Cevenes.
1.685 d.C. Thronrakians (armenianos, doLago Van, Turquia) conheciam línguas em Atos 2:38, e o batismo do Nome. O século 18 foi um no qual também falaram línguas pentecostais, e fluíram em grande número. 1.700-1.760 d.C. Lá houve distintas divisões dos Moravias Anabatistas, lá houve à comunidade Herrnhut de trinitários, baixo Count Zinzendorf, em Saxony. Eles tentaram fazer movimento unido pelo contrário, lá estavam os pastores da federação internacional dos apostólicos (igrejas conforme Atos 2:38). Eclesiologia na Moravia no deserto 670-679, os do Nome de Jesus foram perseguidos, porque lá existiam colônias inteiras do Nome de Jesus, grandes números deles moravam nos grandes pré-históricos túneis de Moravia. Um pregador da unicidade era conhecido nessas divisões como era Pedro Riedemann. Estes que apoiaram à doutrina Cristo Centrica chamada "Patripassianism".
1.727 d.C. Na moradia falar em línguas e ter os dons, era ampliamento conhecido.
1.727 d.C. Houve um grande avivamento do Espírito Santo em Saxony. Montanismo pentecostal em 1.727 nunca tinha cessado.
1.828-1.831 d.C. Concernente glossolalistas com Atos 2:38, Priscillianistas, Donatistas, Manichee, Montanistas, Bogomils - todos os da Rússia, Armenia (e Turquia) em 1.828. Alguns de Glossolalia levaram Atos 2:38 (doutrina) para Ghettos e Los Angeles antes de Azusa.
1.834 d.C. Don de línguas foi levado para à Índia, China.
1.841 d.C. O derramamento do Espírito, foi na Suécia.
1.850 d.C. Dan Huntington, Boston, Mass., Foram batizados e convertidos de acordo com Atos 2:38.
1.854 d.C. Houve 10 anos de avivamento no Líbano, Nova York, e milhares tornaram-se cheios do Espírito Santo, glossolalistas (faladores de outras línguas).
1.854 d.C. Houve uma grande organização de Atos 2:38 convertidos no Canadá: "Eles operaram Apostólicamente.
1.856 d.C. Mais de 160.000 pessoas falavam em línguas, na América qualquer tinha o Espírito Santo. Maioria tinha negado à trindade.
1.860-1.904 d.C. Rev. Alvin E. Velie, da Flórida batizou milhares de acordo com Atos 2:38 em Wisconsin e Minesota. 300 foram batizados num só avivamento. Só temos monuscritos.
1.906-1.909 d.C. O avivamento de Azusa "Califórnia" aconteceu, e falavam em línguas estranhas; No período de 3 noites através do Espírito Santo o próprio Espírito Santo disse: Levantai-vos e sedes batizados em Nome de Jesus Cristo. Muitos líderes não obedeceram.
1.904-1.909 d.C. Lá houve uma grande manifestação do Espírito Santo e derramamento sobre os "Welsh" ( um povo). Então podemos saber que às igrejas Pentecostais Unicistas tiveram sua fundação e origem em Jerusalém. O povo de Atos fazia coletivamente uma parte desta grande igreja e foram em todos os lugares pregando esta mensagem. Então sempre tem tido uma continuação deste ensinamento, às vezes usando diferentes organizações.
1.917 d.C. Dia 3 de Janeiro foi fundada à Igreja que se chama Assembléia General das Assembléias Apostólicas.
1.915 d.C. Foi fundada à Igreja Assembléias pentecostal no Mundo. 1.936 d.C. Neste ano em uma igreja que se chama Igreja de Cristo Apostólica, em Royal Oak, Michigan, um príncipe da Etiópia que tinha o Espírito Santo e era batizado em Nome de Jesus, afirmou que no país dele sempre haviam povos batizados em Nome de Jesus. E nunca esteve ausente em seu país esta Igreja.
Sabemos que existem outras organizações que batizam em nome de Jesus como: À Igreja Assembléias Pentecostais de Jesus Cristo, à Igreja Pentecostal Unida, pelo menos cerca de 200 grupos batizam em Nome de Jesus Cristo. Então à Igreja Unicista Apostólica Pentecostal, ainda está viva e poderosa no século 20 e 21. Graças a Deus não precisamos "profeta" Banhan para nos trazer à revelação, mas isto foi revelado a Pedro pelo Senhor Jesus, e continua até nos dias de hoje.

A igreja dos Apostólos existiu a dois mil anos atrás, e hoje estamos aqui para continuar a preservar essa doutrina

segunda-feira, 12 de março de 2012

Os Planos e Projetos Humanos



"O coração do homem pode fazer planos (aos homens pertencem os planos), mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor. Todos os caminhos do homem são puros aos seus pró[rios olhos, mas o Senhor pesa o espírito (avalia os motivos). Confia ao Senhor as tuas obras (tudo o que fizerdes), e os teus desígnios serão estabelecidos (eos teus planos serão bem sucedidos)" (Pv. 16:1-3).



"O coração do homem traça o seu caminho, mas o Senhor lhe dirige os passos" (Pv. 16:9).

"Há caminho que parece direito ao homem, mas afinal são caminhos de morte" (Pv. 16:25).

"Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com os muitos conselheiros, há bom êxito" (Pv. 15:22).

Nós temos conhecimento dos Planos Eternos de Deus, sobre a vontade soberana de Deus no universo e nas vidas de cada um de nós. Mas o que as Escrituras nos dizem sobre os planos humanos?
O livro de Provérbios nos é especialmente útil neste sentido. Nós podemos definir provérbio como sabedoria concentrada. São frases que resumem ensinos necessários à vida humana. Mas o Livro de Provérbios é muito mais do que isso: tem a chancela divinaÉ inspirado.
Alguns dos ensinos mais diretos e relevantes sobre o assunto (Os Planos e Projetos Humanos), são encontrados neste livro, especialmente no capítulo 16.

Observemos rapidamente estes textos que falam de planos, projetos ou caminhos humanos, em busca de orientação para as nossas vidas.

O que eles nos ensinam?







A Legitimidade dos Planos Humanos


Estes textos nos ensinam que os planos e os projetos humanos são legítimos. Os animais são direcionados pelo instinto, eles não têm planos, são movidos pela satisfação das suas necessidades físicas. Mas não pode ser assim com os seres humanos racionais. Nos compete fazer planos, traçar caminhos, estabelecer propósitos e metas na vida.

Jesus ilustra a legitimidade dos projetos humanos com a seguinte pergunta:


"Pois, qual de vós, pretendendo construir uma torre não se assenta primeiro para calcular a despesa e verificar se tem os meios para a concluir? Para não suceder que, tendo lançados os alicerces e não a podendo acabar, todos os que a virem zombem dele dizendo: este homem começou a construir e não pode acabar". (Lc.14:28-30)


Por outro lado, a preocupação excessiva pela vida não é lícita. Temos que confiar na fidelidade de Deus. Mas a negligência e ociosidade são igualmente ilícitas. Ao mesmo tempo em que as Escrituras condenam a solicitude pela vida, não apresentam a formiga como modelo de prudência, por armazenar no verão o alimento para comer no inverno. (Pv. 6:6-11; 30:25)


O Perigo dos Planos Humanos


Mas o coração do homem é enganoso e precisamos reconhecer isso. A nossa capacidade de avaliação da retidão e pureza dos nossos projetos é muito falha. Nós somos tentados a considerar os nossos caminhos sempre retos aos nossos próprios olhos. Entretanto, caminhos que nos parecem retos, são estradas perigosas que levam a precipícios mortais.


Cuidado com a avareza

Nos nossos planos devemos Ter cuidado especial contra o perigo da avareza, que está intimamente ligado ao desejo de riqueza.

Neste sentido o apóstolo Paulo adverte Timóteo: "Ora, os que querem ficar ricos caem em tentações e ciladas, e em muitas concupiscências insensatas e perniciosas, as quais afogam os homens na ruína e perdição. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males; e alguns, nesta cobiça, se desviaram da fé, e a si mesmos se atormentaram com muitas dores". (1Tm. 6:9-10)

Nossos planos de riqueza podem esconder perigosas ciladas para nossa alma. Tenhamos cuidado.

Jesus mesmo advertiu os seus discípulos contra o perigo da avareza dizendo: "Tende cuidado e guardai-vos de toda e qualquer avareza; porque a vida de um homem não consiste na abundância de bens que possui"(Lc.12:15). E contou-lhes uma parábola para ilustrar sua advertência: a parábola de um rico agricultor que construi celeiros cada vez maiores para armazenas sua produção, com o propósito de satisfazer a carne, mas não fez nenhuma provisão para sua alma. Conclusão da parábola: "Mas Deus lhe diz: louco, esta mesma noite te pedirão a tua alma; e o que tens preparado, para quem será? Assim é o que entesoura para si mesmo e não é rico para com Deus"(Lc. 12:20-21).


Cuidado com a auto-suficiência

Outro perigo que pode estar por trás dos nossos planos é a auto-suficiência, a arrogância. Se os nossos planos são absolutos, se não dependem da vontade de Deus, é bem provável que se constituam em caminho de morte. Se pensamos que podemos contar com o futuro, e dispor dele como nos aprouver, demonstramos insensatez e estamos completamente enganados.

Este mesmo capítulo 16 de Provérbios nos adverte: "A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito a queda" (Pv.16:18).

Muitas pessoas parecem administrar suas vidas como se tudo dependesse apenas delas, como se fossem auto-suficientes, senhores absolutos de suas vidas e destino. Mas nós não podemos contar com o futuro. Nós ignoramos completamente o que ele nos trará. Agir como se fôssemos senhores de nosso futuro é pecado. Melhor é fazermos bom uso do presente.

Recorramos a carta de Tiago (prática como o livro de Provérbios), e atentemos a sua advertência: "Atendei agora voz que dizeis: hoje ou amanhã iremos para cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos e teremos lucro. Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois apenas como neblina que aparece por instante e logo se dissipa. Em vez disso, devíeis dizer: se o Senhor quiser, não só viveremos, como também faremos isto ou aquilo. Agora, entretanto, vos jactais das vossas arrogantes pretensões. Toda jactância semelhante a essa é maligna" (Tg.4:13-16).

O homem não pode acrescentar um côvado ao curso da sua vida. Ele está inteiramente nas mãos do Todo-Poderoso, e deve reconhecer sua incapacidade para dirigir sua vida à parte de Deus; quanto mais o futuro! Nós não temos nenhum controle sobre ele, e temos de depender inteiramente de Deus. Por isso, nossos lábios devem aprender a pronunciar com mais frequência esta pequena frase: Se o Senhor quiser. Mais importante ainda, nossas mentes, vontades, desejos, planos e projetos para o futuro devem estar impregnados desta atitude. Não como nota de rodapé, mas como conteúdo.

Os planos são legítimos, mas cuidado com a avareza e com a arrogância; com o amor ao dinheiro e com a auto-suficiência. A vida de um homem não consiste na abundância de bens; nem tem ele domínio algum sobre o seu futuro.


A Atitude Sábia com Relação aos Planos Humanos


Qual então, é a atitude sábia com relação ao assunto? Como podemos agir com sabedoria, ao traçarmos nossos planos para o futuro?


Confiar nossos planos ao Senhor

Devemos confiar ao Senhor os nossos planos, se desejarmos que tais planos sejam caminhos de vida. Podemos traçar os caminhos, mas conscientes da nossa falibilidade, devemos deixar que o Senhor nos dirija os passos.


"Confia no Senhor de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento, reconhece-O em todos os teus caminhos, e Ele endireitará as tuas veredas"(Pv.3:5-6).


Nossos planos devem ser traçados com humildade, na dependência de Deus. Não como se fôssemos senhores do nosso futuro, mas como alguém que reconhece que depende inteiramente da vontade de Deus.


Crer na soberania absoluta de Deus sobre o universo


Isto implica em reconhecermos a soberania de Deus sobre as nossas vidas. Em reconhecermos que o Senhor tem um plano eterno, perfeito e imutável. E que Ele faz todas as coisas de acordo com o conselho da Sua própria vontade.


Planejar de conformidade com a vontade revelada de Deus

Implica também, que nossos planos devem ser traçados à luz da revelação bíblica como um todo. Objetivamente falando, este é o pré-requisito fundamental para o sucesso dos nossos planos. Que eles estejam de acordo com a vontade de Deus revelada nas Escrituras.

As Escrituras estão repletas de princípios gerais que devem nortear as nossa vidas. Se nossos projetos contrariam estes princípios gerais, não podemos esperar a bênção de Deus sobre eles. Não podemos acalentar que, de algum modo, possam ser projetos corretos.

Para isso precisamos os empenhar para conhecê-la bem e nos exercitarmos na piedade, a fim de que possamos estar dispostos a nos submeter a ela. De outro modo, embora conhecendo a vontade de Deus, estaremos de tal modo escravos da vontade da carne e dos nossos próprios pensamentos, que não conseguiremos levar nossos planos cativos a obediência de Cristo.


Não dispensar os conselheiros


Além do que já foi dito, as Escrituras nos ensinam que não podemos dispensar os conselheiros: "Onde não há conselho fracassam os projetos, mas com os muitos conselheiros, há bom êxito"(Pv.15:22).

Há pessoas mais idosas com as quais podemos nos aconselhar. Os filhos devem recorrer aos pais - em algumas ocasiões os pais também devem recorrer aos filhos. O conselho de irmãos em Cristo mais experientes, e de pastores, podem determinar o bom êxito dos nossos projetos. Enquanto que onde não há conselheiros, muitos fracassos podem ser esperados.

É espantoso ver como determinadas pessoas nunca solicitam conselhos.


Concluindo


Consideremos em nossas vidas, fazer um balanço em todas as áreas e fazer planos para o futuro; planos relacionados aos nossos estudos, profissão, relacionamentos e, especialmente, planos espirituais. Em que temos errado? Do que temos que nos arrepender? O que temos que fazer para viver de modo que agrade mais ao nosso Senhor? Como servi-lO melhor?

Planejar é lícito mas temos que estar alertas contra os perigos de nos concentrarmos nas riquezas e da não dependência de Deus. Ambas as atitudes são tremendamente perigosas e antecedem a queda, a ruína e a perdição.

Nossos planos para o futuro tem que ser feitos no Senhor; temos que reconhecer que Ele é o Senhor absoluto da nossa vida e do nosso futuro. Temos que pacientemente aguardar que Ele nos dirija os passos, e traçar nossos planos à luz da revelação especial das Escrituras.

quinta-feira, 8 de março de 2012

Paredes do Coração


Em Ezequiel 13 vers. 11 e 12 fala de paredes feitas com argamassas não temperada e o senhor continua dizendo a Ezequiel, que haveria uma grande pancada de chuva, pedras grandes de saraiva,e um vento tempestuoso. E que estas paredes fenderiam e cairiam.
Ponha mão no teu coração e feche os teus olhos.



Pai, em nome de Jesus eu abençôo estas mulheres, e profetizo como ministra e serva do senhor, quando lerem cairá uma chuva torrencial de águas curadoras que vem do trono de deus. E derrubará todas as paredes que aprisionam estes corações e em nome de Jesus haverá restauração de deus pra todas elas amém.

Quantas de nós ou poderia dizer todas nós já levantamos paredes de auto defesa em torno do coração, e buscamos com isso reduzir as possibilidades de sermos feridas mas uma vez. E na maioria dos casos essa proteção acaba se transformando nos paredões de um cárcere pessoal que aprisiona nossa verdadeira personalidade.mas eu creio, em nome de Jesus cairão por terra todos os paredões dos traumas , da frustração, dos conflitos, da insegurança que te causou prisão interior e o senhor Jesus vai restaurar os muros, ele vai restaurar o altar do seu coração e vai alinhar com o prumo de deus, e você vai a partir de hoje andar com firmeza e estabilidade em nome de Jesus.a bíblia nos fala em II crônicas 29 vers. 1 ao 11 de um rei que começou a reinar aos 25 anos de idade, ele foi rei em Jerusalém por 29 anos e fez o que era reto diante do senhor.
De que rei eu estou falando?
 Ezequias.

Diz a bíblia que no primeiro ano do seu reinado o rei ezequias abriu as portas da casa do senhor e as reparou, chamou os sacerdotes, os levitas e ajuntou-os em uma praça e disse.santificai-vos, é tempo de viver vida de santidade, e também santificai a casa do senhor deus de nossos pais, e tirai de dentro dela toda a imundice, todo o pecado porque é tempo de santificar é tempo de tirar toda roupa suja, é tempo de tirar as mascaras e maquiagens e chegarmos diante de deus com o rosto limpo, como se estivéssemos olhando para um espelho.

O rei ezequias esta nos dizendo o seguinte: chega de irmos a igreja mascarados, dizendo a deus o que ele quer ouvir, enquanto estamos mentindo para nós mesmos, pois nossos corações estão muito longe desta verdade.
Deus quer ouvir algo sincero de nossos corações.
As vezes falamos muito e em nada mudamos nossas atitudes, mas a transformação de vida é o que importa para deus, pois é esta transformação que demonstra o que ha em nossos corações verdadeiramente.

O senhor te diz: é tempo de limpar a casa, é tempo de limpar a casa, e você templo do espírito santo de deus e ele quer habitar na sua plenitude dentro de nós, mas ele não pode habitar numa casa suja, cheia de pecado, é preciso limpá-la.

Se nossos corações estiverem voltados para nossas próprias almas, buscando prazeres que satisfaçam nossa carne, é porque ainda não estamos santificados.
Vamos ler em Jeremias cap.17 vers. 9 e 10.

O profeta Jeremias aponta o coração como uma das principais fontes de profecias falsas, mas nem sempre o vemos como tal, muitas pessoas são desencaminhadas pela voz tranqüila, silenciosa do coração. 

Há pessoas que confiam no seu próprio coração julgando confiável e digno de crédito, quando, no entanto a bíblia nos afirma que ele é enganoso, que ele emite sinais falsos e enganosos, e muitas vezes sem que nos demos conta disso alguns chegam até dizer:olha se eu não sentir no coração que é verdade então é melhor eu não acreditar.

Querida, este falso conceito da ao coração a perigosa condição de autoridade suprema e por isto muitos são enganados. Muitas pessoas erguem em seu coração paredes de proteção, para se protegerem dos perigos emocionais e sentimentais e até dizem.
Sem tais paredes ninguém sobrevive.

Precisamos aprender a fazer distinção entre está voz enganosa que vem de uma alma ansiosa, inquieta e de um coração duvidoso, e discernir a voz que vem de deus.
Em João cap. 14 vers. 1 o senhor nos diz: não se turbe o vosso coração crede em deus credes também em mim.

A muitos motivos para os nossos corações estarem turbados, entre eles o medo, a insegurança, violência, desemprego, sofrimento, perda de um ente querido, divórcio, problemas de saúde e por ai a fora.

E diante dos problemas, enfrentados das tempestades que se levantam, muitas pessoas elaboram seu próprio sistema defensivo, e é isto que eu chamo de paredes.
A mulheres que em seu estado de cegueira espiritual, não enxerga sua vulnerabilidade nem percebe que as paredes no seu coração a impedem de ter relacionamentos afetivos e profundos.
Quantas mulheres estão limitando seu futuro e crescimento por causa de um medo ou ressentimento.

Provérbios 4 vers.23 diz que: sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procede as saídas da vida.

Quantas mulheres estão com o seu coração aprisionados em fundamentos falsos porque quando eram crianças ouviam palavras duras como: você não faz nada direito, você é mole demais, é lenta demais para aprender ou então uma frase talvez comum entre mães quando diz para filho: você nunca arruma seu quarto.

Esta pessoa cresce acreditando que é uma garota desmazelada, feia e burra porque sua identidade foi baseada nos comentários que ouviu.
Há mulheres que baseiam sua identidade naquilo que realizam e no seu desempenho, se ela não consegue realizar aquilo que planejou que sonhou em fazer, ela passa a se sentir fracassada frustrada e se torna critica consigo mesma sempre se cobrando.outras baseiam sua identidade no que possuem ou tem, ela sofre de uma necessidade insaciável de adquirir coisas e quando não estão bem consigo mesma, saem as compras, elas lutam com a tendência de comparar o que tem com o que outras possuem.

Ha mulheres que baseiam sua identidade sobre o que acham de sua aparência passam inúmeras horas a frente do espelho.
É uma insegurança tão grande, pois elas trocam de roupa diversas vezes e gastam muito dinheiro com produtos de beleza, a uma necessidade desta pessoa se sentir atraente se auto afirmar ser aceita através de sua aparência.

Ha mulheres que na sua infância passaram por abuso sexual quando isto acontece eles enfrentam sentimentos de indignidade tem a sensação de estarem sujas ou impuras, e quando a criança é abusada vem um espírito de medo sobre ela que a impede de contar aos pais, porque se acha culpada ou fica com medo de ser castigada, de apanhar ou de não acreditarem nela, todas as mulheres que passam por esse trauma, acabam carregando um fardo de culpa sobre si, e então vem os bloqueios, e as paredes começam a se formar em torno do coração.

Como é que um abuso sexual acontecido na infância pode estar te afetando hoje.
Se você tem a sensação de ser um objeto ou uma mercadoria na vida do seu marido.se você sente culpa, medo,depressão,
Baixa auto estima, ira, reprimida,incapacidade de confiar nas pessoas,dificuldades com o auto domínio e controle.

E mais, existem alguns sintomas sexuais que também ficam evidentes na vida de uma pessoa que foi abusada sexualmente.
Vou relacionar alguns: falta de desejo ou inibição sexuais no casamento.Disfunções sexuais, dor nas relações sexuais, incapacidade de sentir prazeres, promiscuidade, problemas de identidade sexual, atração por atividades sexuais ilícitas como: filmes pornográficos, revistas, sites.
Querida precisamos pedir ardentemente ao senhor, que a luz de deus se acenda em nós e nos conscientize daquilo que estamos escondendo por trás de uma parede.

O senhor Jesus ele quer curar causas e não efeitos, ele quer ir na raiz do problema na origem dele.
Precisamos pedir clamar a deus pelo seu auxilio, pedir ao espírito santo que jorre a sua luz nos nossos pecados que ainda não foram tratados.

Mas quero que você saiba disto: quando passamos pelo tratamento de deus,quando desejamos ardentemente a cura da nossa alma dos traumas vividos tenha certeza de uma coisa, ira começar uma turbulência em nossa alma, e quando você começar a clamar, começa se formar uma tormenta dentro de nós. E quanto mais você ora, mais ela se intensifica. Porque para que haja cura em seu coração o senhor precisa mexer na ferida, aquelas feridas purulentas, mal cheirosas de tantos anos é preciso que seja limpa, tirada todo pus. 

Mas quando você se submete a este tratamento, os tijolos das paredes começam a ruir a se soltar e outros vão caindo até todas as paredes do seu interior desabarem. E quando isso acontece, ficamos alarmadas, temerosas e outras vezes nos sentimos arrasadas.porque, mexer na ferida dói, mas esta dor é necessária para que haja cicatrização e restauração nas áreas afetadas e então quando a poeira daquelas paredes se assentam você pode assumir duas atitudes.

1- ficar revoltada, sacudir o dedo no rosto de deus, dizer que ele é injusto infiel, arbitrário e que não te ama ou.
2- você pode abaixar a cabeça o rosto molhado de lágrimas proveniente de um coração quebrantado e contrito que o senhor nunca despreza.
Se você assumir a primeira atitude, de não querer se posicionar, "não expor as feridas para serem cuidadas, limpas saradas então você vai se levantar e reconstruir paredes mais grossas e fortes em torno destas feridas e traumas.

Agora, quem se submete à segunda atitude que é humilhar diante de Deus e confessar os seus temores traumas, frustrações, confessar a dor da vergonha à dor da rejeição, confessar o orgulho à arrogância, prepotência então esta pessoa se levanta no meio dos entulhos dos tijolos que estão desmoronando e se erguem para uma nova vida livre das paredes do passado. Querida, o que você aprendeu na ultima tempestade que te sobreveio, será que precisa passar por outra para que aprenda a lição e tome o rumo certo.Em Amós 5:19 "é como se um homem fugisse de diante do leão e se encontra-se com ele ou urso, ou como se entrando em uma casa a sua mão encostasse a parede e fosse mordido por uma cobra".

Aqui o profeta Amós mostra-nos a estratégia que satanás usa contra as paredes da nossa personalidade na tentativa de roubar nossa herança.
Este versículo que acabamos de ler que fala do leão do urso e da cobra traz-nos uma revelação tremenda.

Imagine comigo agora a seguinte cena: de madrugada antes do alvorecer e os campos ainda molhados de orvalho um lavrador sai de sua casa e caminha apressadamente por uma estradinha sentindo, no rosto o ar fresco da manhã, a cabeça dele esta cheia de idéias sobre o que vai fazer no dia que se inicia.Mas, de repente ao atravessar um pequeno arvoredo ele tem a sensação de que a algo por perto.

Então ele Poe-se a escutar atentamente para ver se percebe ou descobre quem o que está ali, mas não ouve nada, tudo é silencio então ele da um suspiro de alivio e recomeça a caminhar.Mas, de repente subitamente um leão forte sae do meio das arvores e vem em sua direção. O homem começa a correr com toda a adrenalina sae correndo pelo caminho e só para quando percebe que o animal ficou pra traz, então ele recobra fôlego e se acalma um pouco.

Então ele decide ir de novo para o campo, mas agora não pela mesma estrada ele segue agora por um outro caminho e em passos rápidos o lavrador vai andando por entre pedras e rochas, mas no momento em que ele vira uma curva ele vê bem a sua frente barrando a sua passagem um urso enorme urrando e ameaçador. 

Apavorado, o lavrador fica um instante paralisado, mas consegue virar-se e voltar correndo para a sua casa, quando ele chega em sua casa exausto, esgotado ele se se encosta à parede para recuperar as forças, mas assim que ele relaxa e baixa a guarda surge na parede uma cobra e com o bote rápido ele enterra as presas no braço dele.

Este homem conseguiu escapar dos dois inimigos externos, mas foi vencido pela serpente sorrateira que estava dentro da sua casa.
O leão e o urso representam nossos inimigos externos, enquanto a cobra representa um inimigo interno que nos ataca por meio da nossa personalidade, por meio de um coração doente, por meio do nosso emocional não equilibrado.

Muitas vezes o inimigo somos nós mesmos, ou melhor, dizendo é o que esta dentro de nós mesmas enraizado no coração e na alma.
São paredes que levantamos em torno de nossos corações e é atuando sobre ela que satanás tem as melhores oportunidades de destruir relacionamentos, casamentos, famílias, igrejas e até a sociedade e principalmente a comunhão com o senhor.

Se compreendermos bem como somos, e como as coisa se passam em nosso interior poderemos fazer com que a nossa personalidade esteja a serviço do senhor Jesus em vez de estarmos escravizadas as instáveis manifestações do nosso ego.

A pessoas que tem uma personalidade tão emparedada que acabam prisioneiras das paredes do seu coração.
Querida, cada vez que você repete determinada atitude negativa em tua vida, ela se solidifica um pouco mais se tornando um hábito, é assim que vamos acrescentando tijolos a esta parede.
A pessoas que sofrem traumas emocionais tão fortes que chegam a emparedar toda uma área do seu ser com o objetivo de evitar que a magoe de novo.

Mas quero te dizer que esta parede pode te proteger até certo ponto, mas também isola parte da sua personalidade prejudicando sua capacidade de amar de confiar nos outros e de ter bons relacionamentos.E quanto maior for à área isolada, mais sérios serão os sintomas, e mais difícil será saber como somos e porque temos as reações que temos.
Todas as vezes que levantamos paredes de proteção em torno de nossos corações, isto nos traz distorções de caráter emocional.

De repente você esta se perguntando: eu não tenho nenhuma parede no meu coração, eu não tenho nenhum problema assim, mas eu quero que você preste atenção e analise os sintomas de uma parede que eu vou dizer aqui. E veja se algum tijolinho desta parede se enquadra no seu coração.

A parede que eu quero falar é a da rejeição dos tijolos que compõe esta parede é: tristeza, auto compaixão, auto depreciação, depressão, apatia, complexo de inferioridade, insegurança, senso de inaptidão (incapacidade), sentimento de culpa, amortecimento, agonia, distinção, desanimo, desespero.

Agora vou falar da parede da revolta tijolo a tijolo:
Agressividade, presunção, sofisticação, exultação, complexo de superioridade, espírito competitivo, posição de domínio, inflexibilidade, manipulação, teimosia, resistência ao aprendizado, amargura, ressentimento, espírito de critica, espírito controlador, personalidade possessiva.
Eu os trouxe quatro tipos de pessoas com personalidades manipuladoras para analisarmos.

 E a primeira é:

Manipulador ativo

O único pensamento dessa é manter o controle da situação a qualquer preço, quer ser o maioral e estar por cima de tudo. Vive ressaltando seus pontos fortes e nunca reconhece suas fraquezas. No relacionamento com outros sempre aparece como o mais forte procurando tirar vantagem todas as vezes que puder.

Manipulador passivo

É mais difícil de ser detectado, pois sua estratégia de manipulação é dissimulada. Seu objetivo não é exercer o controle, mas sim, evitar ofender os outros e para isso ele assume o papel de sofredor, do carente, e muitas vezes utiliza o tijolo da autopiedade, no objetivo de passar por coitadinho e assim obter o que deseja, faz-se de infeliz e nessa condição manipula os outros para satisfazer sua carência afetiva.

Manipulador competitivo

Este é um pouco mais versátil, por vezes age como o dominador e em outras como o sofredor, dependendo da situação que ele estiver, é só uma questão de mudança tática, é mais habilidoso e chega ser um profissional na arte de criar formas de manipulação, seu objetivo é ganhar seja em que posição for.

Manipulador indiferente

É aquele que se distingue dos outros por não gostar de ser o maioral nem o sofredor. Alias ele até diz que não se importa com posição mas quando ele afirma isto, na verdade ele esta manipulando a si mesmo de forma sutil, negando-se a admitir o que sente, engana-se a si mesmo. Na verdade ele se porta e se interessa sim pelo que acontece ao seu redor. Mas ao negar e reprimir esses sentimentos ele manipula a si próprio.e diz faz tudo em nome do amor.
Mas, em nome de Jesus, você vai derrubar as paredes que aprisionam você e reconstruir sua vida de acordo com o prumo de deus.

Prumo de Deus

Vamos ver o que diz em Amós 7:7 que fala sobre o prumo de deus: "mostrou-me também isto: eis que o senhor estava sobre um muro levantado a prumo; e tinha um prumo na mão".
Precisamos passar pelo prumo divino para que haja restauração no altar do nosso coração.
Se você se dispuser a viver segundo o prumo divino, terá de aceitar a cruz de cristo.
Temos de crucificar os desejos carnais, e impuros que nos inspiram a sempre fugir de algo que nos desagrada, temos de nos dispor a purificar-nos dos velhos desejos e seguir os novos em verdade e amor, fazendo perecer na cruz de cristo o egoísmo, o egocentrismo, a lascívia e a ganância, para que cristo vivo em nós. Jesus diz "quem acha a sua vida, perdê-la-á, quem, todavia perde a vida por minha causa acha-la-á".

Queridas, o altar é o lugar onde nos reconciliamos com Deus, onde começamos a assumir a nossa culpa pelo nosso pecado e a experimentar a redenção.
O altar é lugar de confissão, sacrifício, arrependimento, perdão.
O altar é o lugar de expiação, aceitação, libertação, de cura, proteção e sangue.
No momento em que recebemos a Jesus cristo como nosso salvador, chegamo-nos ao altar.
Contudo isso não significa que nunca mais pecaremos. 

Nós pecamos sim, mas muitas vezes deixamos de voltar ao altar e por causa disto os "pecadinhos" vão se acumulando em nossa vida e, não confessados, eles ocasionam separação entre nós e deus, e depois de algum tempo já não conseguimos mais ouvir a voz de deus e nosso amor por ele começa a declinar.

E então:

O mato cresce de tal forma em roda do altar do nosso coração, que este quase desaparece no meio dele, e para encontrá-lo de novo precisamos de uma poda, utilizar um facão.
Para que ocorra a restauração, precisamos nos arrepender, confessar nossos pecados e voltarmos ao altar e termos plena comunhão com Deus.

Todos nós, a cada vez em que pecarmos precisamos caminhar por aquela estradinha que nos leva ao altar, deus nos conclama a ser santos como ele é santo e sem santidade ninguém verá o senhor.

Precisamos levantar um altar em nosso coração.

Deus quer corações quebrantados, que adorem a deus, que goze de uma comunhão com ele.
Deus quer muitas vezes que deixemos tudo entrarmos em sua presença para adorá-lo e estar em silêncio diante dele, e é ai que nos fortalecemos, que temos nossas forças restauradas e aprofundarmos o relacionamento com ele. 

Deus está à procura de corações dedicados.


Coração firme na sua palavra
Coração comprometido com a oração
Coração obediente
Coração que serve, que se submete.
Coração que ama
Coração que ora fervorosamente
Coração que faz da casa um lar
Coração que zela pelo lar
Coração que cria ordem do caos
Coração fortalecido pelo crescimento espiritual
Coração enriquecido pelo regozijo do senhor
Coração que demonstra cuidado
Coração que encoraja
Coração que estabeleça prioridades
Ou seja: deus quer mulheres segundo o seu coração
O senhor te diz neste momento.
Filho meu, dá-me o teu coração.
Deus quer o centro da tua vida nas mãos dele.
Que é o teu coração.


Texto de: Silvia Cilento